Alice no País da CPI

07 agosto 2005

Em terras distantes ...


Além do mar ,nas terras de Cabral ,ora pois ,o que é isso que saiu na Veja ? .
Se quiser ler na íntegra , só clicar no texto ,que será direcionado .


O embaixador da corrupção
Não era só no Brasil que Marcos Valério falava em nome do Planalto. Em Portugal,governo e empresas abriram suas portas para o "consultor" de Lula


"O ex-ministro José Dirceu, que na terça-feira garantira não ter nenhum envolvimento com a operação, foi flagrado em contradição por sua própria agenda. Em documento enviado à CPI dos Correios, há o registro de um encontro de Dirceu com o representante do Banco Espírito Santo."
" Novamente Dirceu foi pego na mentira. O Banco Espírito Santo informou que tentara agendar por três vezes o encontro com Dirceu, mas só chegou ao ex-ministro quando Valério ofereceu uma aproximação. Para piorar a situação de Dirceu, confirmou-se que, treze dias depois desse encontro no gabinete do ex-ministro, os mensageiros do PTB e do PT viajaram para Portugal."
Para piorar, em uma reportagem publicada no mês passado pelo semanário português Expresso, o ex-ministro Mexia disse ter recebido Valério na qualidade de "consultor do presidente do Brasil, a pedido de Miguel Horta e Costa".


Vamos ter agora a CPI do Cabral ???

6 Comments:

At 8/8/05 01:16, Blogger Elaine said...

É que o Brasil tá fazendo Intercambio Financeiro Tatá. Não leve a mal! rsrsrs

 
At 8/8/05 10:17, Blogger Claudia said...

Afe viu....rs
Pena que o nariz dele não cresce né? Ia ser uma graça...rs
Beijos

 
At 8/8/05 16:15, Blogger Ozéas said...

E ainda há quem tenha medo da máfia russa ou da italiana. Os caras são poderosos mesmo, é o que podemos chamar de corrupção transnacional.

 
At 11/8/05 07:26, Blogger Alice said...

È né Elaine , meu medo é que esse intercambio ,se estenda ...

 
At 11/8/05 07:27, Blogger Alice said...

O nariz , não cresce Claudia ,mas a cara de pau,óleo de peroba é pouco , verniz na cara dura , rs .

 
At 11/8/05 07:28, Blogger Alice said...

Ozéas , será que os de lá que imitaram os daqui ? ou o contrário ?

 

Postar um comentário

<< Home