Alice no País da CPI

22 novembro 2007

Blogagem Coletiva , Dengue





Resolvi contar como foi ficar " dengosa " por duas vezes , antes fosse ficar dengosa de dengo ...

Não era comum se ouvir falar em dengue , passamos a ouvir mais quando o Rio de Janeiro começou a ter sérios problemas .

E não demorou muito ,para sabermos que aqui no litoral a coisa não seria diferente .

Não era verão ,o mês maio, começo de outono ,naquele dia deitei a tarde ,todos em casa estranharam , naquela noite , me levaram para o pronto socorro ,queimava em febre , a médica diagnosticou que eu estava com intoxicação alimentar causada provavelmente por um " rosbife " . No dia seguinte voltei para o pronto socorro pior ainda o medico diagnosticou amigdalite , passou antibiótico e mais uns remédios ...
Entre idas e vindas , resolvemos por nossa conta e risco cuidamos como se fosse Dengue , muito repouso, paracetamol , não conseguia comer nada , parecia que raspavam dentro dos meu olhos , das minhas juntas ,após quinze dias já estava melhor ,pelas minhas pernas fui fazer o exame , passou mais quinze dias , recebi um telegrama para ir urgente na Secretaria de Saúde , chegando lá me avisaram que meu exame deu positivo para Dengue, me orientaram , vieram na minha casa , veio a Sucem ...
Passado um ano adivinha ? os mesmo sintomas , com a diferença que fiquei muito pior , pensei que ia morrer , mil vezes pior que a 1ª , o atendimento mudou ao contar que tinha tido dengue
o médico do PS já fez prova do laço , passava o dia lá tomando soro e fazendo contagem de plaquetas .

Minha intenção ao contar como foi ter Dengue duas vezes,é a minha maneira de alertar e questionar,não é possivel que os médicos não estejam preparados para diagnosticar a Dengue , é preciso preparar os médicos para diagnosticarem , diminuir o tamanho dos formulários para notificar o Ministério da Saúde ( por isso os nºs quase sempre não retratam a realidade ) é muita burocracia ...
Minha casa não tem foco , mas tem muita casa de temporada fechada no meu bairro ...


8 Comments:

At 22/11/07 12:56, Blogger Ricardo Rayol said...

Nada como contar uma experiencia dengosa.... baita azar querida.

 
At 22/11/07 14:45, Blogger Meiroca said...

Alice que loucura, como se nao bastasse a primeira, tinha q vir logo a segunda?

Morar no litoral tem estes contratempos das casdas fechadas, mas as prefeituras deveriam punir quem tem casa fechada. O proprietario deveria ser obrigado a manter seu espaço limpo. Se nao tem tempo contrate alguem que o faça. A populaça de uma cidade nao pode ficar a merce destas pessoas.

Mais uma vez obriofùgado pela sua participaçao e se cuida.

Meire

 
At 22/11/07 22:30, Blogger andre wernner said...

Alice,
A burocracia mata! Inclusive a paciência da gente.
E essa falta de melhor qualificação do médico para identificar de imediato os sintomas da dengue, é outro absurdo. Afinal, até parece que não convivemos com o drama. E não é por falta da doença...
Abs e parabéns pela participação nessa corrente de conscientização.

P.S: Vou postar um comentário longo como a misericórdia do Mestre, lá no seu outro blog. Já estou indo pra lá...

 
At 24/11/07 10:19, Blogger luma said...

Até essa prova do laço é pouco divulgada. Entre os textos que li, somente dois fizeram referência a ela. Os médicos demoram muito para diagnosticar. Em tempos de epidemia, deveria ser a primeira desconfiança. Bom fim de semana! Beijus

 
At 13/12/07 22:24, Blogger Alice said...

Para vc ver Ricardo , pior que o azar foi coletivo , todos da rua pegaram :(
Bjins

 
At 13/12/07 22:26, Blogger Alice said...

È Meiroca deveria , mas na prática não é assim , vc cuida tanto e o seu vizinho " te mata " por falta de cuidados .
Bjins

 
At 13/12/07 22:27, Blogger Alice said...

Então André na verdade meu post tem um objetivo : Os médicos estão preparados para identificar uma epidemia de dengue ?
Bjins

 
At 13/12/07 22:28, Blogger Alice said...

È Luma enquanto isso vamos culpar os : rosbifes , as viroses ...
Bjins

 

Postar um comentário

<< Home