Alice no País da CPI

28 julho 2007

A culpa é do Mordomo , sempre !!!

A revista Veja de hoje,tem como chamada : Os investigadores já sabem que um erro cometido pelo comandante do Airbus da TAM impediu o avião de desacelerar o suficiente ao pousar
" Uma das duas alavancas que regulam o funcionamento das turbinas, chamadas de manetes, estava fora de posição quando o avião tocou a pista principal do Aeroporto de Congonhas
Estou colocando trechos da matéria da revista ( só clicar que será direcionado ) ,colocam também que : " A reportagem de VEJA apurou também que quem pilotava o Airbus no momento do acidente era o comandante Kleyber Lima, e não, como suspeitava a Aeronáutica, o co-piloto Henrique Stephanini Di Sacco, que fora demitido da Gol depois de três meses de trabalho e estava na TAM havia pouco tempo. "

Minhas desculpas aos que já querem " cruxificar o piloto e o co-piloto ", ainda mais quando falam que a investigação devem levar ainda mais de 10 ( dez ) meses ,colocando em dúvida a capacidade do co-piloto.
Muito rápido, se levarmos em conta o acidente com o Boeing 737-800 da Gol e o jato executivo Legacy, da Embraer, até agora nada de concreto ...
Acredito que falhas humanas possam até existir ,ninguém está livre ,mas Alice só vai acreditar , quando tiver " transparência " nas investigações , quando : uma comissão de parentes das vítimas façam parte e os demais segmentos da Sociedade participem ,com tudo as claras .

6 Comments:

At 29/7/07 09:55, Blogger Ricardo Rayol said...

Como dizem, é uma conjunção de fatores, o piloto é culpado por não ter acionado o paraquedas de cauda e não conseguir frear uma aeronave "infreável". (bizarro)

 
At 30/7/07 00:09, Blogger Alice said...

È Ricardo ,para vc ver ...
Bjins

 
At 30/7/07 14:12, Blogger Flávio said...

Belo blog, Alice, e sensata opinião. Parabéns, por ambos! :)

 
At 30/7/07 23:01, Blogger Alice said...

Brigada Fl�vio :)
Bjins

 
At 31/7/07 17:08, Blogger andre wernner said...

Também concordo com você. Nessas investigações, obrigatoriamente, deveria ter um representante das famílias enlutadas e também um representante da OAB ou outra instituição com credibilidade, sem vínculos com o governo.
Assim, também acredito, que haveria transparência.
Até isso acontecer, o piloto é a bola da vez.
E quem vai provar o contrário?
Mas, a história registrará a verdade, no futuro. Pena que distante...
Bjs

 
At 1/8/07 11:40, Blogger Alice said...

È André ,infelizmente por culpa de td que vivemos e vemos , perdemos a confiança em acreditar ...e qdo perde a confiança , perde td .
Bjins

 

Postar um comentário

<< Home